“Solidariedade e estabilidade só com um Governo do Partido Socialista”, disse Lara Martinho

“Os Bombeiros da Praia da Vitória são uma referência na nossa Região, não só pelo trabalho que desenvolvem na ilha Terceira e nos Açores, mas também pelo contributo que dão e pela solidariedade que têm para com o todo nacional, principalmente na época de incêndios, quando muitos membros desta e de outras corporações da região, se deslocam ao continente para apoiar o país nos momentos mais difíceis”, disse Lara Martinho, à margem da visita realizada esta quinta-feira à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória.

Para a candidata do PS/Açores às eleições legislativas do próximo domingo, 06 de outubro, “a solidariedade tem sido recíproca por parte do Governo do Partido Socialista para com os Açores” e relembrou que “no seguimento das intempéries de 2015, o Governo do PS, ao contrário do PSD e do CDS, não mandou a região ir à banca para, assim, através de empréstimos poder fazer face aos prejuízos, mas reforçou os apoios e os fundos comunitários à região.”

“Novamente agora, com a passagem do furacão Lorenzo, o nosso Primeiro-Ministro António Costa voltou a reforçar a solidariedade e o apoio para com a nossa região, perante os prejuízos que foram verificados, em particular e de forma mais intensa na ilha das Flores”, afirmou a candidata socialista.

“A presença nos Açores do Ministro Adjunto e da Economia, Siza Vieira, que vem acompanhar a situação na região, é mais um sinal bastante demonstrativo desta solidariedade nacional para com os Açores”, reiterou Lara Martinho.

A atual deputada do PS à Assembleia da República, salientou ainda que “a formação dos nossos bombeiros, não só regionais, mas também nacionais, tem dado provas a nível dos campeonatos mundiais, em que se têm destacado.”

Lara Martinho lembrou que “em 2023 os Açores irão receber o Campeonato Mundial de Trauma, a realizar na Praia da Vitória, o que é também demonstrativo da capacidade dos nossos bombeiros e da nossa ilha.”

“É expectável e desejável que essa reciprocidade se mantenha na próxima legislatura e, como tal, é urgente deixar expressa essa vontade nas urnas no próximo domingo”, salientou a candidata do PS/Açores.