Governo do PS na República é a melhor forma de assegurar respeito pelas Autonomias, realça Isabel Almeida Rodrigues

“As Eleições de 6 de outubro são muito importantes para os Açores. E é com o voto no Partido Socialista que garantimos que continue na República quem entenda a nossa realidade Autonómica”, sublinhou a candidata do PS/Açores às Eleições Legislativas nacionais.

Isabel Almeida Rodrigues, que intervinha na Festa Comício do PS/Flores, destacou, na ocasião, o cumprimento integral da Lei de Finanças Regionais, cujas transferências para a Região, em 2018, aumentaram em 26 milhões de euros, a comparticipação nas obrigações de serviço público de transporte aéreo interilhas, um esforço financeiro de cerca de 9 milhões de euros, e a reciprocidade no acesso aos cuidados de saúde entre o Serviço Regional e o Serviço Nacional, como exemplos em que a cooperação entre a Região e a República se traduziu em ganhos concretos para os Açores.

Para a candidata socialista, estas eleições são ainda a forma de se continuar a contar com uma efetiva solidariedade nacional, contrastando com a forma como a Região foi tratada pelo Governo anterior, ou mesmo pelo atual candidato do PSD a primeiro-ministro: “Se antes o PSD nos mandou à banca para fazer face à recuperação dos enormes estragos das intempéries, há apenas três meses, a propósito das eleições europeias, Rui Rio considerou que não somos fortuna nenhuma porque, para ele, valemos apenas 12 mil votos”, referiu.

Para além do trabalho desenvolvido nos últimos quatro anos, que devolveram a confiança aos Açorianos, Isabel Almeida Rodrigues referiu ainda a necessidade de se continuar a trabalhar em defesa da Região.

“Matérias como a revisão da Lei de Bases da Política de Ordenamento do Espaço Marítimo, em que se reconheça às Regiões Autónomas efetivos poderes de gestão e decisão, ou o reforço e aprofundamento da nossa Autonomia, através da criação do Conselho de Concertação das Autonomias e da criação do círculo eleitoral ao Parlamento Europeu, são algumas das áreas em que queremos continuar este trabalho de defesa dos Açores”, sublinhou Isabel Almeida Rodrigues.

“O voto no dia 6 de outubro é importante para podermos continuar a avançar e não regredir, para termos estabilidade, para termos respeito pela Autonomia em vez de falta de solidariedade nacional, para termos crescimento económico, emprego, confiança e esperança no futuro que queremos construir, bem como para podermos consolidar as conquistas alcançadas ao longo dos últimos quatro anos”, sublinhou a candidata do PS/Açores às Eleições Legislativas nacionais de 6 de outubro.