Governo do PS impediu encerramento da cadeia da Horta e demonstrou que havia uma alternativa melhor

“Há quatro anos, falava-se do encerramento do estabelecimento prisional da Horta. Hoje, fala-se em reabilitação social, em reintegração profissional, o que traduz uma grande diferença, entre a abordagem que o PSD queria e aquela que o Governo do Partido Socialista demonstrou que era possível fazer, com esta infraestrutura e com o serviço que presta à nossa comunidade”, adiantou João Castro depois da visita realizada à cadeia da Horta.

“Não temos dúvidas de que é fundamental a relação entre as autoridades regionais e a República, uma relação que tem permitido alcançar resultados com os Governos do Partido Socialista”, acrescentou o candidato do PS/Açores à Assembleia da República.

Para João Castro, “esta realidade traduz diferenças naquilo que são os serviços prestados às populações, como é o caso deste equipamento, e realça a sua importância e a especificidade da sua ação e da sua intervenção naquilo que é o contexto geográfico e naquilo que é a realidade regional. É esse o nosso trabalho e é isso que nos propomos continuar a fazer na Assembleia da República”.

João Castro fez, também, questão de insistir na importância de se mobilizarem os Açorianos para participar nestas eleições: “Temos a obrigação de demonstrar às pessoas que estas eleições são importantes, que o seu voto conta, que na República são tomadas decisões que dizem diretamente respeito ao nosso dia-a-dia, pelo que é importante reduzir a abstenção eleitoral”.